Páginas

sábado, 17 de março de 2012

CONFLITO

pode o amor mais que qualquer segredo
disfarçar-se de medo - não me iludo
o amor pode isto - e pode tudo
e mesmo disfarçado é o antimedo

o amo sem disfarce é confiança
o poder sorridente da alegira
na lágrima no brilho que escorria
a certeza na incerteza sua herança

se o amor vem de medo disfarçado
seu contato sem querer evito
e fico olhando assim meio de lado

modulando o terror desse teu grito
melodia de tom desencontrado
quer por que quer levar meu infinito