Páginas

sábado, 17 de março de 2012

GANA DOS VENDAVAIS

por que você não me ama?
anseia a amada por mais
do que esse peito reclama?
dos poemas que não me faz!

o diálogo na cama
nossa chama acende mais
e o fogo devora a grama
na gana dos vendavais...

cada dia mais e mais
além do que sou capaz
com você me comprometo

volte um pouquinho atrás
releia aquilo que jaz
por trás do pífio soneto!