Páginas

sábado, 17 de março de 2012

NOVES FLORAS

que orvalho
te germina
e nos irmana?
     que arrepio
     timidez
     quando me dás?
que colheita
se perfaz
quando se deita
em nós
o laço dos teus pêlos
elos?
atropelos?
mais? melhor?
     que pistilo
     te instilo
     se tu flores?
se ficares
novos ares!
cores!