Páginas

sábado, 17 de março de 2012

PERSEGUIÇÃO E FUGA

ensaio o texto que se esquiva
                         que se esvai:
água derramada causa perdida
meu fôlego indomado é o que resta

em surdina ensaio o gemido
da angústia na pele engastada
tornada rubi rubor desmedido
calor desastrado queimando carícias
absurdamente engavetadas
feito poemas contrafeitos

o poema ensaio em tentativa crônica...
aguda a tentação se faz novela
                                        inacabada
se o poema não passa de ensaio
rabinho entre as pernas
                            de fininho saio!